A qualidade da alimentação dos adolescentes durante a transição para a fase adulta.

A qualidade da alimentação dos adolescentes durante a transição para a fase adulta.
28 de junho de 2017

Children eating sandwiches they have made themselves

Crédito da foto: Getty images

Por  Abykeyla Mellisse Tosatti

Em cada fase da vida, a necessidade de certos nutrientes faz o hábito alimentar saudável ser essencial para a qualidade de vida e bem-estar, capaz de evitar ou  diminuir déficits, doenças crônicas, carências e/ou excessos  nutricionais. Para compreender sobre as influências alimentares e comportamentais que acontecem na transição da adolescência para a fase adulta, um estudo de coorte publicado no periódico The American Journal Clinical Nutrition, avaliou o consumo alimentar, o peso e o estilo de vida de 566 adolescentes estadunidenses. O estudo mostrou que a qualidade da alimentação permaneceu abaixo do esperado, entretanto, alguns aspectos melhoraram durante o período de 4 anos de avaliações. “A melhoria na qualidade da alimentação foi associada com maior prática de atividade física, menor tempo em redes sociais e em frente a televisão e a jogos, refeições em família mais frequentes, a menos fast food e a assistir televisão durante as refeições com menos frequência”, concluem os autores. Os autores acreditam que os comportamentos habituais nas refeições e o sedentarismo podem representar metas de intervenções importantes e que há espaço substancial para a melhoria na qualidade da alimentação em todas as idades e grupos sócio demográficos.

Referência:
Lipsky LM, Nansel TR, Haynie DL, Liu D, Li K, Pratt CA, Iannotti R, Dempster KW, Simons-Mortin. Diet quality of US adolescents during the transition to adulthood: changes and predictors.Am J Clin Nutr. 2017 Apr 26.

Postado em Adolescência Hoje por Aby Tosatti | Tags: