As complicações mais comuns em adolescentes e jovens adultos com diabetes tipo 2.

As complicações mais comuns em adolescentes e jovens adultos com diabetes tipo 2.
10 de março de 2017
Word Cloud - Diabetes

Crédito da Foto: istock

Por Abykeyla Mellisse Tosatti

Cerca de 8 anos após o diagnóstico de diabetes na infância, 72% dos pacientes com diabetes tipo 2 e 32% com diabetes tipo 1 tinham, pelo menos, uma complicação.

São seis as principais complicações relacionadas ao diabetes: doença renal, retinopatia, neuropatia periférica, neuropatia autonômica cardiovascular, rigidez arterial e hipertensão.  Essas complicações foram analisadas em um estudo observacional, publicado no JAMA, onde os autores examinaram a prevalência de complicações relacionadas ao diabetes tipo 1 e tipo 2 entre adolescentes e jovens adultos que tinham sido diagnosticados com a doença durante a infância e adolescência, em cinco locais dos Estados Unidos.

Após angariar dados de 2018 pacientes com diabetes tipo 1 e tipo 2 diagnosticados antes dos 20 anos, os autores observaram que 72% dos pacientes com diabetes tipo 2 tinham, pelo menos, uma complicação relacionada com a doença. “Após os ajustes, com média de aproximadamente 8 anos após o diagnóstico, os pacientes com diabetes tipo 2 tiveram maiores chances de obter doença renal, retinopatia e neuropatia periférica, além de apresentarem maior índice de massa corporal e pressão arterial média”, ressaltam os autores. “Estes resultados apoiam a monitorização precoce dos jovens com diabetes, a fim de evitar o desenvolvimento de futuras complicações”, conclui a equipe de  Dana Dabelea.

Referência:
Dabelea D et al. Association of type 1 diabetes vs type 2 diabetes diagnosed during childhood and adolescence with complications during teenage years and young adulthood. JAMA 2017 Feb 28; 317:825.

Postado em Adolescência Hoje por Aby Tosatti | Tags: