Um olhar da ciência sobre as massas

11 de novembro de 2015

        Na última semana de outubro participamos do V Congresso Mundial de Massas, que aconteceu em Milão, na Itália. Além de acompanhar excelentes palestras com especialistas de várias partes do mundo, participamos de um encontro fechado com um grupo de experts de países como Portugal, França, México, Estados Unidos e outros, para elaborar um documento científico sobre o papel do macarrão na dieta saudável.

        Entre os diversos assuntos tratados no evento falou-se sobre a origem da pasta. Ainda que existam indícios de que o berço possa ser a China, já que pesquisadores encontraram por lá vestígios milenares de um tipo de massa de formato cilíndrico, há relatos de que o alimento teria origem em diferentes lugares. Já se encontrou um macarrão viável nas pirâmides egípcias. Outro ponto discutível é a participação de Marco Polo (1254-1324) na difusão das massas pela Europa. Embora seja bem popular a história de que o ilustre desbravador veneziano as tenha levado do Oriente para a Itália, existem muitas dúvidas levantadas por estudiosos, já que a Rota da Seda existia antes disto e há relatos de uso de massas na Itália bem antes de Marco Polo.

  Modos de preparo

Controvérsias

Postado em Com a palavra Dr. Mauro por Aby Tosatti | Tags:
8 de outubro de 2015

blog-4  Agora que nos aproximamos do Dia das Crianças, e, especialmente, em tempos de crise econômica em nosso país, vale discutir o consumismo na infância. Assim como em outras datas festivas, caso do Natal, da Páscoa e do dia do aniversário, é comum que a criançada queira ganhar presentes. E é legítimo, sim, que haja celebração e que os pequeninos sejam lembrados em todas essas ocasiões. Mas será que é necessário se endividar ou comprar itens que destoam da realidade da família? O objeto realmente terá utilidade? Ou será mais um dos muitos brinquedos abandonados depois de meia hora de uso?

        As crianças são muito inteligentes e vivem testando os pais. Pedem de tudo! E nem sempre os pedidos são adequados para a faixa etária ou mesmo para a condição em que vive a família. Hoje assistimos bebês com pouco mais de 1 ano de vida mexendo em tablets e meninos e meninas pequenas desfilando com celulares de última geração. Aliás, ressalte-se, o uso desses aparelhos de maneira desmedida pode favorecer problemas oculares e de postura,

Postado em Com a palavra Dr. Mauro por Aby Tosatti | Tags:
30 de setembro de 2015

overweight-and-diet Julien TromeurEste foi o tema da palestra apresentada no dia 10 de setembro, no 2º Fórum Nacional de Nutrição promovido pelo LIDE (Grupo de Líderes Empresariais). A plateia somava 331 participantes, entre nutricionistas, médicos, empresários e outros profissionais.

Falar sobre obesidade infantil é de extrema importância, haja vista que apesar de vivermos numa época de terrorismo nutricional, onde se elegem alimentos vilões e se criam modismos sem nenhum fundamento científico, nos deparamos com um aumento exponencial no número de pequenos obesos. Nosso estudo Nutri-Brasil Infância mostra que 30% das crianças estão acima do peso.

Não dá para apontar uma única causa por trás desse problema. Existe desde a predisposição genética até o fato de a mãe engordar demais durante a gestação, além do que chamamos de ambiente “obesogênico”. Hoje observamos que muitas crianças passam muito tempo diante de telas. Pesquisas revelam que são cerca de 8 horas diárias

Postado em Com a palavra Dr. Mauro por Aby Tosatti
30 de setembro de 2015

kids-school-setEm agosto passado, encerramos um périplo por diversas cidades brasileiras. Vitaminas, sais minerais e outros nutrientes marcaram presença na nossa agenda de viagem. Além de investigar o assunto, proferimos palestras e foi uma feliz surpresa perceber que centenas de pediatras e outros profissionais estavam muito entusiasmados com o tema.

A mesma vibração que até hoje nos move e que conheci lá atrás, na década de 1970, quando comecei a me envolver com estudos sobre micronutrientes e oligoelementos. Tive a oportunidade de trabalhar com grandes mestres, caso dos professores Steckel, Uauy, Castillo, Vega e Schlesinger e sou grato por todo o ensinamento e pela troca de experiências.

 Em 1979 passei uma temporada no INTA (Instituto de Nutrición y Tecnología de los Alimentos) da Universidade do Chile pesquisando o papel dos sais minerais e das vitaminas no crescimento, no desenvolvimento e nos aspectos cognitivos, com destaque para o ferro na memória e no aprendizado. O zinco também entrou na pauta. Além de estudar sua atuação na maturi

Postado em Com a palavra Dr. Mauro por Aby Tosatti | Tags: