Existe ligação entre alimentação e câncer de próstata?

Existe ligação entre alimentação e câncer de próstata?
13 de abril de 2017
Mesa cheia de diferentes tipos de alimentos - foto de acervo

Crédito da foto: iStock fcafotodigital

Por Abykeyla Mellisse Tosatti

Um estudo da Universidade de Bristol, no Reino Unido, verificou que o risco de câncer de próstata não tem associações com o consumo de alguns nutrientes. Os autores avaliaram 1717 casos de câncer de próstata em homens de meia-idade e idosos. Todos os participantes, antes do diagnóstico, preencheram registros alimentares utilizados para estimar a ingestão de 37 nutrientes, incluindo: carboidratos, gorduras, proteínas, produtos lácteos, carne, peixe, frutas e legumes, consumo calórico, fibras, álcool, licopeno e selênio. “O risco de câncer de próstata, incluindo por estágio da doença, não teve associação a alimentação”, concluem os autores.

No Brasil, o câncer de próstata é considerado o segundo mais comum entre homens com mais de 65 anos, de acordo com informações do INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva). Em 2016, estimam-se 61.200 casos. O tumor cresce silencioso e lentamente e, por esse motivo, é de extrema importância que os homens criem o hábito de fazer exames periodicamente.

 

Referências:

Lane JA, Oliver SE, Appleby PN, Lentjes MA, Emmett P, Kuh D, Stephen A6, Brunner EJ, Shipley MJ, Hamdy FC, Neal DE, Donovan JL, Khaw KT, Key TJ. Prostate cancer risk related to foods, food groups, macronutrients and micronutrients derived from the UK Dietary Cohort Consortium food diaries. Eur J Clin Nutr. 2017 Feb;71(2):274-283. doi: 10.1038/ejcn.2016.162. Epub 2016 Sep 28. (FREE)

Instituto Nacional de Câncer  José Alencar Gomes da Silva (INCA). Próstata.

Postado em Saúde e Nutrição por Aby Tosatti | Tags: