Horas na frente da TV e ganho de peso.

Horas na frente da TV e ganho de peso.
31 de outubro de 2016
Resultado de imagem para tv and obesity

Crédito da Foto: Google imagens

Ficar mais de três horas por dia em frente à televisão pode ser um desastre para a saúde, e colaborar para o ganho de peso na adolescência.

Por Abykeyla Mellisse Tosatti/para Nutrociência.

Apesar de prazeroso, ficar sentado no sofá assistindo TV, pode ser extremamente prejudicial à saúde. Parece exagero, mas estudos mostram que assistir a três horas, ou mais, de televisão por dia pode ser associado diretamente com o aumento de 93% de risco de morte por qualquer doença.

Esses dados são alarmantes e extremamente preocupantes para nós, brasileiros, visto que, gastamos em média, quatro horas por dia diante de uma telinha, de acordo com os dados da ultima Pesquisa Brasileira de Mídia.

Estudos mostram que sentar em frente à TV pode estimular hábitos ruins - os adolescentes que permanecem mais tempo em frente à televisão, consomem mais doces e bebidas açucaradas. O excesso de peso na adolescência provoca muitos problemas de saúde, aumentando o risco de diabetes, pressão alta, doenças cardíacas, câncer, excesso de peso na idade adulta e vida útil mais curta.

Uma pesquisa, divulgada no Journal of Nutrition Education and Behavior, sugere que o ganho de peso entre os adolescentes poderia ser evitado através da redução de horas por dia em frente à televisão. A constatação veio de uma equipe de especialistas da Universidade de Minnesota, que realizou um estudo randomizado e os resultados mostraram a clara associação entre menos horas de TV e a redução do ganho de peso durante um ano.

Diante da elevada prevalência de adolescentes que assistem TV por um período excessivo, faz‐se necessário o estímulo a atividades interativas, bem como a promoção de um estilo de vida mais ativo, com a redução do tempo que jovens dispensam em frente à TV, tablet, celular, computador, etc.

Referências:

Pesquisa Brasileira de Mídia 2015. Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Television viewing habits and their influence on physical activity and childhood overweightJornal de Pediatria. Volume 91, Issue 4,July–August 2015, Pages 346–351

Enes, CC; Lucchini BG. Tempo excessivo diante da televisão e sua influência sobre o consumo alimentar de adolescentes. Rev. Nutr.[online]. 2016, vol.29, n.3 [cited  2016-10-26], pp.391-399.

Postado em Adolescência Hoje por Aby Tosatti | Tags: